É mais fácil ter uma arma apontada para a sua testa do que receber uma flor. Andamos com medo e olhamos para todos os lados continuamente, pois não sabemos se nós seremos a próxima vítima. Trancamos nossas portas com mais de dois cadeados e uma fechadura. Fazemos uma prece antes de sair de casa para poder voltar no final do dia. Vivemos à sombra do medo e não da liberdade. Todos os dias recebemos a notícia de uma morte, outro dia elas se tornam centenas, e assim temos medo de sair de casa, que antes era o nosso lugar seguro e agora sempre há o medo de fechar os olhos e ser roubado, abusado.

A maldade se espalhou pelos bilhões de olhos que existem no mundo, se tornando difícil ver pureza num planeta onde todos são tão egotistas e preconceituosos. As vidas não iram voltar e as lágrimas e a dor não iram ser apagadas. Em um mundo tão tecnológico, falta olho no olho e verdade, para podemos rezar e agir, a procura de um mundo melhor. Pois afinal, a maldade não pode vencer o bem e nem tirar nossa liberdade. Precisamos rever nossos valores e olhar para o outro e nos permitir amá-lo. Tudo está meio perdido, e parece muito mais favorável levantar uma arma do que doar amor. Só que não podemos ir pelo caminho mais fácil, no fim só haverá mais sangue e lágrimas.  Nessas horas o que mais vale é sorrir e ajudar aquele ferido, oferecer as inúmeras rosas, flores e chocolates invés de balas correndo pelo mundo.


Nota: A imagem pode ser uma clara referência a França, mas não é só sobre ela esse texto. É sobre o mundo todo. Esse mundo que está sofrendo uma tragedia ambiental em Mariana, com pessoas lutando por um copo de água. Em outro lugar, as frequentes ameaças de terroristas e as consequências das mortes que eles causaram. Na minha cidade, a violência no seu ápice, na noite se tornando uma verdadeira guerra, nos causando medo de sair de casa. A única coisa que posso fazer nesse nosso pequeno espaço é pedir mais amor. Mais amor de todos, as pessoas falam, falam e falam e não fazem absolutamente nada a não ser discutir sobre quem merece mais ajuda. E elas não reparam que não estão fazendo absolutamente nada. Então além de tudo, estou aqui para reforçar que em todas as cidades tem postos recebendo contribuições para ajudar os moradores de Mariana e outras cidades, e para que tenhamos amor no nosso coração e fé, para podermos mandar energias boas para todos os países que estão sofrendo com o terrorismo. É isso, faça a sua parte.  
                                                                      



Deixe um comentário