Não é só você que sente,
Amar alguém não é fácil. Sabemos disso desde pequenos, quando olhamos nos olhos dos nossos pais e sabemos que um dia não poderemos mais vê-los. Sentimos necessidade de amar e de ser amado, para simplesmente saber para onde voltar quando tudo se perder. Somos todos masoquistas e amamos demais. Nos torturamos com infinitas lembranças e fotos pregadas na parede. Gostamos de saber, mesmo que não exista mais, que fomos amados, que foi real. Choramos ao escutar aquela música, mesmo que não tenha sido tema de nada, mas por que queríamos que fosse , queríamos olhar nos olhos daquela pessoa e não ter medo de sentir, por que já dói demais, saber que finalmente encontramos o tal ''alguém'' e que independentemente de TPM, doença, invalidez, teríamos alguém ali do nosso lado para cuidar das pequenas dificuldades do dia a dia.
Mas amar é muito mais que isso, ultrapassa tudo, ele permanece, mesmo depois das mãos calejadas e do coração partido, ele permanece lá, mesmo que um pouco fraco. Amar é a pureza do ser humano, onde encontramos nosso eixo e sentimos que podemos fazer tudo, que não haverá nada que impeça seu sorriso. Amor também é desespero. Desespero ao não achar o filho na escola ou ao saber que ele esqueceu do lanche. Desespero ao tocar os lençóis abarrotados da cama e não encontrar ninguém, apenas o cheiro nos travesseiros, e perceber que estamos sozinhos. Desespero ao ver o cachorro atravessar a rua movimentada ou quando este precisa ir ao veterinário. Amor são tantos complexos da vida e as pessoas insistem em dizer que amam, quando apenas é uma paixão. Amor não dói assim. Amor não para de existir. Então não se preocupe, aquele carinha do colégio talvez não seja o amor da sua vida e sim uma paixão de adolescência.
E não se preocupe com o ''não serei amada'' ou ''amado'', você será, mesmo que seja pelo seu cachorro. Ter alguém pra cuidar de você de uma forma mais intima é maravilhoso, mas na falta de alguém assim, não é o fim do mundo. Temos amigos, e amizade é um dos amores mais bonitos que existem, e na falta daquele cuidado intimo ou mesmo tendo, o melhor remédio é compartilhar o riso com os amigos. Afinal, quem disse que precisamos de alguém para sermos felizes?
Independente de credo, raça ou mesmo espécie, o importante é amar e não ter medo de ser amado. Larga essa de não querer se machucar, é impossível de não acontecer, mas sabe, isso não significa que é valido brincar com o sentimento aleio.



Nota: Meu Deus, que vergonha!! Faz um bom tempo que não postamos as cartas, mas estamos fazendo de tudo. Então desculpas. Espero que gostem dessa carta que diz muito no que acreditamos na vida, não somente no amor. 
                                                                                        


Deixe um comentário