Olá pessoas! como vão suas vidas literárias?
Aqui se encontra a adolescente mais infantil de todos os tempos. sim sou eu! Uma amante de "apenas um show" e "bob esponja", afinal, como não amar? Posso parecer ou até ser na verdade uma criança "presa" em um corpo adolescente. Amante de Agatha Christie, poesias, e Paula Pimenta. Pois é, não tenho um gênero específico favorito.

     Confissão




     Como é difícil expressar meus sentimentos! Algo tão intenso e confuso que se torna inexplicável. Talvez a frieza que existe em meu coração não permita tal argumento. Ou o simples medo de parecer ridículo contribua para minha incapacidade de se expressar. O que sinto talvez seja inexplicável. Ou, seja confuso de mais para ser decifrado. Mas sei que é incondicional.
     Sou tímida além do necessário, tenho vários medos bobos, mas sou feliz acima de tudo. O importante é que essa felicidade dure infinitamente, pois todos os meus sentimentos tem papel essencial na minha vida.
     Minha timidez é uma cúmplice, meu medo é um vilão, e minha felicidade é uma verdadeira protagonista. Assim se torna mais fácil, pois descobri que nossas vidas são como um exemplo da sétima arte.
     Sim, um filme! Um filme com vilões, cúmplices, e o protagonista. Mas qual gênero? Poderia ser ação, romance, comédia, um drama talvez. Isso irei descobrir futuramente, quando concluir os meus planos e expectativas, até lá viverei. Só espero que esse filme tenha um final feliz.
                               

                                   



Deixe um comentário