Estou tão sozinha, sem ninguém pra me apoiar na hora de cair, tão sozinha, as lágrimas fluem sozinhas, virou automático, e eu só queria que você estivesse aqui, pra me beijar, pra me fazer sua, eu sou sua...mas parece que você não pensa isso, eu sei que é confuso, que o coração é confuso, mas eu queria você aqui, não aguento fica sozinha, me sinto tão pequena, reprimida, não tenho mais meu herói , não tenho mais meu ponto de apoio, estou sozinha, mas queria você aqui, pra me beijar e me fazer sua.
  As coisas andam tão difíceis, nada era como antes, os anos passam e as coisas passam, no meu caso, eu fico mais apaixonada por você, e eu estou aqui, sozinha, a sua espera, que você volte para mim, que diga que me ama, mas não é tão fácil, se fosse você estaria aqui, comigo, me beijando, me fazendo rir,  me fazendo feliz, coisas tão simples, mas que faziam meu coração se aquecer, meus olhos se enrugarem, meus lábios se curvassem, senti-se aquele típico friozinho no pé da barriga, toda vez que você me abraçava, era como se meu mundo tivesse parado e só existisse você, eu sinto tanto a sua falta, dói tanto, é uma dor impossível de descrever,  eu sinto falta, sinto dor, sinto que perdi metade de mim, a metade que você levou pra si, eu continuo apaixonada e só queria que a dor passasse e que você chegasse sorrindo e me beijando, não quero mais fica sozinha.
  Você é o motivo da minha felicidade, mas agora ela já se foi. Peso aos céus e as estrelas que tragam você de volta, ou que te façam feliz, que talvez você me procurasse, era meu último pedido as estrelas, meu único, você.
 A campainha tocou, sai da sacada, calçando minhas pantufas e descendo as escadas lentamente, me aconcheguei mas no meu casaco, não olhei no olho mágico, abri logo a porta e paralisei, ele estava ali, todo de branco, com uma rosa na mão e um livro na outra.
- Você?
- Não poderia passar o ano novo sem você, as estrelas não deixariam, elas me falaram que você pediu para elas que eu volta-se, e que eu te fizesse sorri...
- Elas nunca erram – sorri.
-Não mesmo.
  Me puxou e eu estava em seus braços, e seus lábios estavam nos meus, e tudo renasceu, tudo fluiu, senti lágrimas pelo meu rosto, lágrimas de felicidade, eu não estava mais sozinha. Uma explosão fez com que nós separássemos, e da minha janela vi os fogos.
- Feliz ano novo.
- Feliz ano novo.
Tínhamos confirmado nosso amor, ele era o meu novo, eu era, e ele era o meu.

 Notas da autora (gata e poderosa): Esse é um especial de ano novo, o que é meio obvio,                     então feliz ano novo, vamos viver, e imaginem esse ''conto'' sendo vocês e quem vocês amam.
Obs: eu roubei as estrelas da nossa querida Letícia Lobo
 kiss
                                                                          


Deixe um comentário