Vou escrever isso aqui pra ela. Pra ela ter certeza de que é especial e nada no mundo mudará isso. Prestou bem atenção? Então vou começar.
Te conheci na escola. Parecia ser a menina mais marrenta que eu já vira, mas toda a birra que ela fazia era só pra chamar atenção - sem mal saber que já tinha meus olhos cravados em si. Eu costumava observá-la na volta da escola pra casa. Ela sempre andava balançando a cabeça, e quando o cabelo estava preso, ele mexia no ritmo em que ela andava. Nunca fora visto cabelos tão lindos quanto os dela. E era lindo ver ela chegando no colégio - ora sorrindo, ora de cara fechada. Eu nunca soube decifrar seu humor. Ela é um paradoxo que ninguém é capaz de compreender. Um teorema indecifrável. Uma equação sem solução.
Mas olhar para ela é como olhar para uma das maravilhas do mundo. Ela tem força, ela tem sensibilidade. Ela é guerreira, ela é uma deusa, ela é mulher de verdade. E eu passaria horas e horas falando sobre ela, e tudo nela, mas resolvo simplesmente focar no sorriso. Não é um sorriso. É O Sorriso. Um dos mais lindos e mais apaixonantes que existem. Um sorriso que traz consigo inúmeros sentimentos, e me faz sentir que somos um só. Ah, o sorriso dela... É o sorriso que eu pedi a Deus pra ser meu.
E eu não sou capaz de ficar um dia sem ouvir a voz dela. Juro, é como entrar em abstinência. Se alguém no mundo tiver o poder de me deixar tão hipnotizado quanto ela, já pode se sentir vitorioso. Porque ela... Eu pensei que eu fosse odiá-la. Pensei que fosse querer matar essa garota em dois segundos. Mas, então, percebi que viver sem ela seria a pior coisa do mundo. Pior do que levar uma surra ou até mesmo passar fome. Percebi que ela é quem me tira o riso nos momentos difíceis, e que é ela que me ajuda a levantar quando tudo parece me pôr pra baixo. Ela é minha âncora, quando tudo que eu quero é sumir. Ela é minha bússola, quando eu simplesmente me perco de mim. E ela é com quem eu quero ficar, incondicionalmente e sem me importar com o que aconteça. A verdade é que eu ainda sinto vontade de matá-la. Mas matá-la de amor.

Não é uma carta pra ela... Mas é sobre ela.
Navi.

N/A: Queridos! Dá só uma olhada no layout do blog e me diz se a Juh arrasou ou não! Confesso que estou mais apaixonada do que antes. Sobre o texto... Resolvi fazer algo diferente dessa vez, e acabou saindo esse texto no olhar do garoto falando sobre sua garota. Espero que tenha ficado legal, mas pelo menos eu gostei - como se minha opinião valesse de alguma coisa nesse mundinho. Quero agradecer á Juh, mais uma vez, pelo trabalho e pelo resultado, que ficou lindo e eu sou choros. :') Obrigada, linda. E, aguardem! Novidades por vir.



4 Comentários

  1. Procura-se: Navi na minha vida. Onde encontra um desse? Ele tem irmão gêmeo?
    Literatura acaba com todos os sonhos das pessoas. Ela projeta alguém que todo mundo deseja pra si, mas não existe. Mas sortuda é a Lua, e essa louca ainda não quer ele? Putz, pois passa para cá. Lindo Leth. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo torturar as pessoas, a verdade é essa! HAHAHA. Desculpa, Belle. O produto "Navi" está em falta e, pra ser sincera, nunca esteve á vende. Lua não deixa! Obrigada <3

      Excluir
  2. Onde encontro esses "boys magia"? Na nossa escola tá meio escasso :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, gente, não me lembra disso! Na nossa escola tá em extinção.

      Excluir