Bem ou mal, aquele que um dia te fez rir faz falta. Você olha para o horizonte, procura por ele. Não vê nada além de outras pessoas sendo amadas e amando. Você se pergunta se um dia poderá ser um deles. Pergunta-se se poderá ser feliz, dependendo ou não de alguém. Não tem coisa mais chata, pra você, do que ver os outros avançando sem mover um pé. É complicado, porque justo você quer tanto ser alguém nesse mundinho. Quer ter o seu cantinho, quer ser simplesmente você. Sem implicações e sem barreiras. Quer apenas ter algo pra dizer que é seu, com todas as letras, pontos e vírgulas. Acontece que ser alguém que faça a diferença hoje em dia é difícil demais. As pessoas andam muito ocupadas olhando para seu próprio umbigo e esquecem que dependem dos outros para serem alguém. 
Deixe-me contar um segredo pra você: ninguém é capaz de chegar ao seu ápice de vida sozinho. Você, em algum momento da vida, vai precisar de alguém pra lhe dar uma mão, um ombro, ou até mesmo um braço inteiro. Outra coisa que talvez nunca tenham lhe contado: ninguém é capaz de ser feliz sozinho. Ficar sozinho não significa que você não vai um dia ter alguém. Amor não se implora, nem se dispensa. 
Você tem medo de ficar sozinho, mas não faz nada para mudar isso. Você teme ser alguém tedioso, mas não move um dedo para ser um pouco mais interessante. Você teme não conseguir realizar seus sonhos... Mas mal sabe que eles não se realizarão sozinhos. Há muitas coisas que ninguém diz. Coisas que a vida mesmo se encarrega de responder. Mas, quando não é isso que ela faz, cabe a você procurar saber. Cabe a ti abrir e a mente e desvendar os mistérios desse seu mundinho. 
O que ninguém te conta é que esse "você" sou eu.

N/A: Talvez tenha ficado um pouco confuso, mas essa palavra tem sido bastante significante na minha vida. Tem expressado tudo que vem acontecendo e tudo que estou sentindo, por isso o texto teve esse resultado.



Deixe um comentário