Apenas queria dizer que to cansada. Disso tudo. As pessoas perguntam pra onde vou, onde quero ir, como se tu que eu fizesse fosse errado. Como ser eu, fosse errada. Mas uma coisa eu digo pra vocês: eu não vou mudar por um bando de babacas. Não vou beber, só por que todo mundo bebe e acha normal. Não vou ficar com alguém ou namorar, por que minha mãe ou minha vó diz que não, mas por que eu não quero, e é incrível como as pessoas pensam que eu estou mentindo. É incrível como ninguém tem fé em ninguém. E eu odeio isso, com todas as minhas forças, por que eu posso ser ingênua em sempre tentar ver o lado bom de alguém, mas, isso é quem eu sou.

Sinceramente, não é por que eu acho um menino bonito que eu já quero me agarrar com ele, não é por que eu não me matei de estudar, que eu não quero passar no concurso. Mas, as pessoas escutam e interpretaram tudo de forma má, como se eu sempre fosse fazer o pior, como se eu não me importasse com problemas e esteja pouco me fodendo para a minha vida. Só que essas pessoas estão totalmente enganadas. Eu não vou fazer parte dessa linhadas de cobras, que a palavra "pobre" é uma ofensa. E não vou deixar um professor de merda dizer o que eu posso fazer ou não. Escuta, você, esse ai mesmo que ta gastando poucos minutos lendo meus problemas, não é só uma nota, uma roupa ou que for, você é um ser humano e não o que as pessoas colocam na sua cabeça desde sempre, pode mudar quem você é. Segunda coisa, tira esse pensamento machista que você só será feliz se tiver um homem pra se apoiar. Há alguns anos atrás, eu prometi a mim mesma que não choraria por quem não merece minhas lágrimas, infelizmente, naquele época era pra um garoto que não tava nem ai pra minha existência, mas hoje, são tantas coisas, que às vezes eu quebro essa promessa e me lembro que não vale a pena chorar por essas pessoas. Pois elas não entendem.
É muito difícil, que os mentirosos entendam a minha alma e o meu fogo. Tudo agora é dinheiro, o status, e nada do real, é um mundo tão automatizado, que ninguém entende as minhas ilusões enquanto todos acham que essa vida que estão vivendo é real.
Por fim, eu só queria dizer que eu não sou assim, que apesar de ter deixado muitas pessoas, eu não esqueci delas, que eu sinto falta de todas, que eu não deixei de amar, só que a vida nos leva a rumos diferentes e mesmo vendo que as pessoas a minha volta não sentem culpa, eu sinto. E apesar de saber que outros desistiram de mim, não quer dizer que eu desistir deles, apesar de longe, meu coração se aperta a cada ligação, noticia, e a boca trava, por que eu sempre decidi não sofrer. Talvez tenha chegado a hora de deixar o cabelo azul de lado, minhas visões de super heroína, e sofrer. Afinal, não é o que todos querem?

                                                                          

Nota: Bem, nossa menina está bem chateada. Eu adoro quando ela tira aquela máscara de sarcasmo e se mostra. Espero que todos tenham entendido, como a nossa menina entende. 

                                                                                                                                                                   
                                                                       


Deixe um comentário