Realmente não sei por que tenho essa sensação ruim. Na verdade eu sei, mas tento não pensar que isso me faz sofrer. Amanhã é seu aniversário e eu não faço a mínima ideia do que falar ou se você vai atender. A ideia de não poder falar com você me machuca, pois não é uma escolha minha, talvez nem sua. Mas é chato tentar ligar e toda vez cair na maldita caixa postal, e se eu realmente precisasse de você? Se eu tivesse morrendo e quisesse falar com o senhor? Simplesmente não poderia por que você não me atende mais? Acredito que faz mais de um mês que nos falamos pela última vez, e foi para avisar que você estava indo embora, que queria que pegasse um ônibus durante um período longo livre e passase 8 horas dentro de um transporte pra te encontrar. O pior é que eu sou disposta a tudo isso e provavelmente farei, apesar de preferir está em casa.
Eu não costumo falar muito sobre isso com as pessoas, sei que é chato, a repetição da mesma coisa direto, e por que eu escolhi ser feliz e não ficar me lastimando todos os segundos. Só que são nesses minutos, que preciso liberar essa parte de mim e me livrar desse mal nem que seja por só poucos momentos. 
Segunda-feira eu tentei ligar pra você, como de costume, deu caixa postal. Era um dos momentos mais importantes da minha vida e eu não consegui ouvir uma palavra sua. Isso cansa, sabe? Mas descobri que a minha vida vale muito mais que isso e que talvez eu não precise de você. Amanhã eu tentarei ligar, mandar uma mensagem também, só espero que você atenda, ou mesmo leia. Pois mesmo que meio "estragada" que sou, não deixo de ter esperanças no senhor.


                                                                                                                            Daughter, 

            
      


Deixe um comentário