Subestimados pelo poder, só nos resta aceitar o que nos é imposto. Nossa vontade de criticar e questionar, está se perdendo. Passivamente, estamos concordando com o que se diz respeito a governo e política.
            Novas leis e regras sendo impostas, e nós nem percebemos o quão manipulados estamos sendo através delas. O mundo capitalista crescendo cada vez mais, a corrupção aumentando e nós pagamos devidamente cada centavo que nos é exigido de imposto. Promessas mentirosas e utópicas sendo feitas e nós votamos com o maior prazer, no devido dia de eleição naquele candidato que as fez.
            A questão é que a sociedade está se acostumando com a monotonia. Nossa liberdade de expressão não foi roubada por ninguém, mas nossa coragem e vontade de pensar diferente, foi desaparecendo aos poucos. O medo de parecermos loucos, inconvenientes, arrogantes ou apenas "pessoas querendo mudar o que já existe" tomou conta de muita gente.
         
           Os críticos que ouvíamos falar, aquelas tais pessoas "revolucionárias" que lutavam e se manifestavam de alguma forma, não se sabe onde estão, e a maioria daqueles que se dizem críticos, só seguiram idéias dos poucos que se preocupam com o bem coletivo. Talvez aquele "gigante" que muitas pessoas falavam que havia acordado, tenha entrado em um longo sono. Mas isso não quer dizer que seja tarde demais. Há algum tempo tínhamos o poder de mudar o mundo. Quem tirou nossa coragem? Onde está aquele povo que gritava “vem pra rua”?  Desistiram? Talvez eles só estejam esperando o restante de nós.

Nota: bom, época de eleição sempre me dá uma pontinha de esperança, mas sempre sou decepcionada. Esse texto é só mais um desabafo meu... Espero que pelo menos através dele algumas pessoas reflitam
                                                                                 

                                                                                   


Deixe um comentário