Você é muito idiota. Começo dizendo isso porque não tinha como lhe dizer uma primeira coisa que não fosse essa. Estou especialmente chateado com você. Tinha necessidade daquela crise toda? Aquilo não foi normal. Não era você gritando comigo, e muito menos fazendo aquele escândalo todo. Eu fiz uma promessa antiga pra mim mesmo que nunca deixar você duvidar de nada que eu sinto, mas parece que você adora pisar em cima do que eu sinto. Parece que há uma nuvem negra sobre você bloqueando acreditar na verdade. E o que eu sinto é exatamente isso: amor de verdade.
            Eu penso em ti toda hora, e o meu coração é tão teu que nem sei dizer. Já até cansei de todas essas declarações. Até a última vez que eu as fiz, pensei que você sentisse o mesmo, que você, pelo menos, acreditasse em um terço do que eu dizia, mas nem isso! É como se tudo que eu dissesse ou escrevesse fosse descartado imediatamente da sua mente. Eu não me importo com ciúmes. Todavia, também não concordo com aquelas babaquices que dizem sobre ser fofo e "fazer parte de todo relacionamento". Pode me chamar de ridículo agora, mas eu acho a pior de todas as coisas quando um relacionamento não tem confiança. Pras pessoas, um namoro certo tem ciúme. Pra mim, tem confiança. E se não há isso entre nós, essa balança não está equilibrada. E é exatamente isso que eu quero dizer, entende? Não? Nós somos uma balança. O meu lado só ficará na altura certa se houver o mesmo peso de sentimentos pra você. Agora, quem me faz duvidar do que tu sentes sou eu. É amor? Diga-me, Lua... O que você sente por mim é verdadeiramente amor?
            Eu deveria ficar quieto e deixar a poeria baixar. Deveria respirar fundo e pensar que tudo é só uma fase, e você tem tantas! Sendo eu, seu Navi, podia deixar mais uma passar. Mas, entenda, eu não quero mais esperar. Não aguento mais. É como se eu estivesse com uma corda amarrada no pescoço, e a cada burrada que você faz, a cada vez que duvida de mim, a corda se aperta um pouco mais. Temo que já quase não tenha nada para se apertar. Eu esperei tanto por você, e não me arrependo sequer um segundo. Contudo, me arrependo por não ser mais forte. Me arrependo de não poder te esperar tanto tempo. Espero que você também entenda e não me julgue, por favor. Tudo que faço é por você, é por nós. E se esse nós tiver que acabar, eu sei que é para o bem de ambos.
Fique bem.
Navi.

N/A: Deu a louca mesmo, resolvi separar eles mesmo e vão ficar assim até quando eu quiser, HÁ! Brincadeiras á parte, quis realmente separar esses dois. Achei que tava meloso demais, nhênhênhê demais, e como sou eu que seguro as rédeas disso aqui, fiz com que Lua tivesse alguns ataquezinhos e Navi se revoltasse. Quero todo mundo separado! (Estou me sentindo muito má, risos) Talvez, em breeeeve, eu venha com os dois juntos. Mas eu ainda quero muita briga pela frente! Desejem-me sorte. xoxo,


Deixe um comentário