O maior motivo para essa lista.

Sou suspeita pra fazer um Top 5: Livro Desejados, pois eu poderia fazer uma lista infinita. Mas, com muito esforço, separei 5 livros que estão perturbando-me, gritando EU PRECISO SER COMPRADO. Só é um pouco impossível adquirir todos os livros que estou querendo. E, por isso, estou aceitando doações e presentes de Natal adiantado!

5. Insanatório


Não poderia deixar Insanatório de lado sendo eu uma boa leitora de fics. A fiction Psicose é super conhecida, mas eu nunca tive o prazer de ler, e agora ela foi retirada do site que estava hospedada para revisão. Essa fiction deu origem ao livro em questão e eu não aguento mais não entender as conversas das minhas amigas sobre o livro. Além de que todo o mistério que eu li no prólogo encheu meu coração  de curiosidade. Mas, por enquanto, o livro tem que ficar nos meus desejos, pois a inflação tá alta e a fiction não voltou ao site. (Observação: Super legal ver quem começa com fiction encontrando caminhos, como uma publicação, pois acredito que esse deve ser o maior sonho para quem escreve).
Sinopse: Melissa Parker é uma psiquiatra recém-formada que vê um grande desafio em seu primeiro emprego, na casa de custódia e tratamento psiquiátrico St. Marcus Institute. Dentre os rebeldes e violentos pacientes está Corey Sanders, rapaz jovem e sedutor condenado à prisão perpétua por um crime que jura ser inocente. Enquanto tenta se adaptar à rotina de seu novo trabalho, Melissa se vê tentada a descobrir mais sobre Corey, desvendar seus segredos e esclarecer de uma vez por todas se ele é ou não culpado do assassinato que tirou sua liberdade, além de ter que lidar com sua presença sobrenatural que a atormenta pelos corredores.

4. Eleanor & Park


Tenho paixão por livros nesse estilo. Me remete muito a sonhar com algo bom para a minha vida. Exatamente por isso Eleanor & Park chamou minha atenção, por parecer um livro bem pé no chão, mostrando que amor não é só aquele tipo que vemos nos filmes dos fortões com as líderes de torcida, ou a nerd com o popular (não que eu não ame esse estilo); ma livros como esse me fazem ver que todos podem amar. Por isso, estou necessitada de ter esse livro em minhas mãos. Preciso urgentemente. Preciso me apaixonar novamente por uma história clichê e, ao mesmo tempo, não clichê.
Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e grandes (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Whatchemen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e The Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

3. Se Eu Ficar


Meio poser falar que conheci Se Eu Ficar quando vi o trailer do filme? Foi isso que aconteceu mesmo. O trailer do filme me conquistou no primeiro segundo que começou a passar no cinema. Depois descobri que era baseado em um livro e fiquei mais louca ainda. Sou daquele tipo de pessoa que só gosta de assistir um filme se já tiver lido o livro, e por esse motivo ainda não corri para o cinema. Estou me remoendo, porque estou vendo o filme sair de cartaz e eu não ter lido o livro. E, de novo, culpo a inflação, que anda muito cruel com a minha pessoa.
Sinopse: A ultima coisa que Mia se lembra é a música. Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços dos carros de seus pais, mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

2. Longe Demais


Conheci Longe Demais enquanto vagava pelos blogs e vi sua resenha. Admito que o que chamou minha atenção de cara foi a capa, que, na minha humilde opinião, é linda. Mas quando acabei de ler a resenha, saí louca procurando por um pdf na internet, por dinheiro nos meus bolsos e pelo cartão da minha mãe. Simplesmente a história me conquistou só pelos comentários daquela resenha e a sinopse, que estou até agora imaginando como devem ser Meg e John. Outro detalhe que me pegou foi Meg ser bem rebelde e ter o cabelo azul (quem lê Aquela Do Cabelo Azul, sabe que tem tudo a ver comigo). E outro ponto é que ele é um policial, não sei o que há comigo, mas eu A-M-O policiais na literatura. Ai, me deixem sofrer.
Sinopse: Tudo o que Meg sempre quis foi fugir. Fugir do Colégio. Fugir da sua pacata cidade. Fugir de seus pais, que pareciam determinados a mantê-la presa em uma vida sem futuro. Mas, em uma noite louca envolvendo trilhos de ferrovia proibidos e desafiadores, ela vai longe demais e quase não consegue voltar. John escolheu ficar. Para impor o comprimento das leis. Para servir e proteger. Ele desdenha a rebeldia infantil e quer ensinar a Meg uma lição que ela não irá esquecer tão cedo. Mas Meg o leva ao limite ao questionar tudo o que ele aprendeu na academia de polícia. E quando ele a pressiona para saber porque ela não se prende a nada, a resposta os levará á um caminho sem volta.

1. Maze Runner: Correr ou morrer


Maze Runner: Correr ou Morrer ganha o primeiro lugar na minha lista de desejos porque quase estou cavando um buraco para enfiar minha cabeça por não ter comprando-o ainda. Estou tão desesperada que nem pesquisei por pdf, nem nada. Preciso deste livro em mãos. Estou quase atacando qualquer pessoa que apareça na minha frente. Até porque esse é outro livro que está com adaptação em cartaz, mas eu não li ainda, então meu desespero é em dobro. Adormecidas, vocês não sabem como dói não ter esse livro. Vocês deviam se juntar e me presentear. E se você ler essas resenha e não se apaixonar, você é um ser com sérios problemas mentais.
Sinopse: Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho. Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeao por garotos que o acolhem e o apresentam "A Clareira", um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem porquê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar- chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente a mensagem que ela traz consigo. Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr... Correr muito.

N/A: Me desculpem pelo atraso, as Adormecidas estavam em semana de provas.



Deixe um comentário