Eu sinto que estou  caindo, caindo em um buraco cada vez mais fundo e parece não haver nada que me faça escalar de volta até o topo. Sabe quando tudo dentro de você começa a desmoronar, quando as mágoas e tormentas se acumulam dentro de si e vai tudo desabando? Então, é assim que eu me sinto.
      Eu não sei mais como lidar com as pessoas me exigindo algo a todo instante, soltando comentários negativos e ofensivos sem ao menos saberem da história, críticas sem entendimento do que se passa comigo me destroem cada vez mais, comentários maldosos, é difícil suportar. E o pior é que as pessoas só percebem o buraco que você entrou quando você já está lá no fundo. 
          Eu preciso respirar, me fortalecer de novo, dominar minhas emoções novamente, ter controle sobre quem eu sou outra vez, e eu sei que não serei capaz com todos os pesos que jogam em cima de mim. Eu me afastei, me afastei de todo mundo - até de quem sempre foi bom comigo. Não foi por querer, eu só cansei dos julgamentos e das críticas, e principalmente, de sempre ser deixada de lado, de ser abandonada por quem eu menos esperava. Pensei que, talvez, me afastando de todos, eu não iria me machucar mais, mas agora parece que eu comecei a machucar pessoas, e cada vez que eu vejo uma pergunta sobre como eu estou, alguma preocupação sobre como eu ando, meu coração sangra. Eu não queria deixar ninguém  preocupado. Eu só pensei que me afastando de todos eu teria que reaprender a me levantar sozinha, a não depender do afeto de nenhum amigo, e assim eu teria meu antigo eu de volta, sem medo de abandonos e sem me importar com opiniões alheias, afinal, já tinha dado certo uma vez, por que então não daria outra? Oras!
           É muito pedir um ano feliz? Sem decepções, perdas, mágoas a cada duas semanas, abandonos? Eu sei que não vou conseguir isso se não tiver o meu escudo outra vez, eu achei que ainda tinha, mas não, eu deixei os muros em volta de mim desmoronarem e nem percebi. E agora eu preciso reconstruí-lo se eu quiser dominar minhas emoções novamente, e mais uma vez a única saída que eu vejo é me afastar, pra não precisar de outras pessoas pra me reerguer e me levantar sozinha, com minhas próprias pernas.
           Sei que sou capaz de sair desse poço. Não vai ser fácil, ms eu sei que consigo. Porque quando eu choro todas as noites tentando expulsar todas as mágoas, uma vozinha interna me diz pra continuar, que uma hora tudo isso vai passar e eu vou ter meu escudo de volta, as cicatrizes serão somente marcas da minha luta interna e todo o resto vai ser aprendizado. E depois, eu vou poder voltar pra quem não desistiu de mim, mesmo depois de mensagens e ligações ignoradas, porque aí, eu vou ser capaz de aguentar qualquer coisa novamente. Talvez muitos não me queiram mais, outros pensem que é drama, mas tudo bem. Eu já estou parando de me importar com comentários de quem não sabe um terço do que se passa dentro de mim.
- Ell, 18.
N/A: Viver é sempre difícil demais, mas qualquer um pode mudar na hora que quiser - basta querer. E á partir do momento que surge o seu querer, nada pode lhe parar. O que for pra ser, será. Continuem mandando os textos, com títulos, mensagens para passar, assinaturas e (opcionalmente) idade para o email mydreamsstayhere1@gmail.com. Ficamos felizes em recebê-los.


Deixe um comentário