Como é bom te ter de volta! Saber que podemos recomeçar do zero, com mudanças. Sinto como se não fossemos os mesmos do início, mas tudo bem. Tudo bem com isso porque estamos melhores, estamos bem, somos pessoas mais maduras agora. Você é meu Navi e eu serei sempre sua Lua, mas jamais seremos os mesmos de sempre. Eu gosto de mudança, você sabe. Mas desde que eu mude com você, mude por nós, estarei bem. Estarei tranquila e com o coração calmo por estar contigo, hoje e sempre. E recomeçar, pra mim, significa dar um primeiro passo. Significa dar uma nova chance, e eu daria mil, desde que eu acredite em nós. Eu nunca deixei de acreditar.
         No teu abraço, eu me sinto eu mesma. Sinto que sou a pessoa certa, assim como você é o meu cara certo. Nós somos certos um para o outro, eu sinto isso. Não é aquela coisa de nascidos um para o outro, mas a gente se encaixou, a gente se concertou e está ficando certo, está ficando firme, e estou a cada dia mais apaixonada, mais louca, irada por você. É só você quem pode fazer feliz. É só com você que eu posso ouvir nossas músicas e ser feliz contigo, ser nós, contigo, pra sempre. Nossos jeitos de falar, nossa sincronia e a nossa harmonia que mantém minha certeza. E eu sou a pessoa mais feliz do mundo.
         É final de ano, momento de fazer promessas. E a primeira de todas que quero fazer é que nada mais desandará entre nós. Seremos felizes demais durante esse ano, e tantos outros anos, se depender de mim. A segunda promessa é que não vou mais ligar tanto para bobagens, erros cometidos e coisas ditas em momentos de raiva. Serei madura o suficiente para aceitar momentos mais tensos, mas criança o suficiente para brincar sempre que me for solicitado. Seremos mais leves, mais felizes. Seremos um só, como sempre fomos quando estamos juntos, mas com um toque a mais de simplicidade, e reciprocidade a cima de tudo! Eu cuidando de você da mesma forma que você cuida de mim, e assim, sendo felizes de verdade. Sem tirar nem pôr, sem cobranças, só amor.
Feliz de novo,
Lua.

N/A: Mais um Lua e Navi, porque estava inspirada. Eu precisava fazê-los voltar, mesmo com todos os problemas, mesmo com todas as dificuldades e as chatices de Lua. Eu precisava que eles voltassem porque eu só me sentiria bem se eles voltassem. Talvez eu me arrependa, talvez não. Sei lá. Deixa assim, qualquer coisa, eu mudo essa história. xoxo,


Deixe um comentário